segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Emoções e Comportamento Humano

Emoções E Comportamento Humano
Por SANDRA VAZ DE LIMA
Publicado 23/02/2008
Educação
Avaliação: Sem avaliações
EMOÇÕES E COMPORTAMENTO HUMANO
Sempre que experimentamos uma emoção, o aspecto mais impressionante é a sensação que ela produz, uma experiência de medo, raiva, depressão ou alegria produz, de imediato, uma vivida sensação.
O número de diferentes sentimentos emocionais parece ser incontável, o psicólogo Professor G. W. Allport descobriu, duas mil palavras que nomeavam estados emocionais, cada um deles com sua qualidade particular, numa edição mais completa do dicionário Webster. Porem quando somos solicitados a descrever um sentimento emocional, com freqüência achamos isto mais difícil do que dar um nome ao sentimento.
Há outros aspectos da vida emocional a serem investigados, além dos sentimentos subjetivos, os aspectos mais notáveis da emoção são as mudanças que provocam no comportamento imediato, comportamentos explícitos como lutar, fugir, calar, rir, chorar, bem como dizer as palavras correspondentes.Uma pessoa que consegue controlar tais comportamentos, pode revelar seus sentimentos através das expressões faciais. Estas sensações expressam apenas algumas das muitas mudanças internas que ocorrem em resposta ao estímulo que provocou um estado emocional.
A emoção é uma forma de comportamento na qual as respostas viscerais condicionadas têm um papel preponderante. Diferente da motivação, nem sempre a emoção tem um objetivo definido. Frequentemente, ela consiste em uma reação difusa e desorganizada a algum estímulo interno ou externo.O comportamento emocional é determinado por um complexo jogo de predisposições hereditárias e condicionamentos.
As reações emocionais tendem a durar mais do que outras sensações porque os músculos viscerais lisos, uma vez estimulados, são lentos em relaxar. Esta persistência pode estabelecer um estado emocional de longa duração, que continua depois que os estímulos já desapareceram. Este estado é chamado de humor.
As emoções básicas são: prazer, tristeza, raiva e medo, porem todas elas têm uma enorme escala de variação, onde o prazer pode variar da satisfação ao êxtase, sendo que nesta escala estão incluídos o amor, a alegria, etc; a tristeza pode variar do desapontamento ao desespero; o medo, da timidez ao terror; a raiva, do descontentamento ao ódio.
O desenvolvimento emocional é influenciado pela hereditariedade e pela aprendizagem. A constituição individual é um fator determinante na sensibilidade do sistema nervoso autônomo, no grau da resposta visceral e no padrão de difusão das reações viscerais.
Os estímulos externos que causam as reações emocionais, o significado que damos a essas reações e a maneira pela qual nós as expressamos são resultado da aprendizagem.

Um comentário:

Nair Souza disse...

Texto muito interessante, gostei do blog. Sempre que puder voltarei a visitá-lo. Grande Abraço.